Você está aqui: Página Inicial / Comunicação / Notícias / Comissão discute situação da Segurança Pública

Comissão discute situação da Segurança Pública

por Ludmila última modificação 13/06/2017 10h51
Amplo debate aconteceu no Plenário Presidente Benedito Adelino

Na tarde de segunda-feira, dia 5, no Plenário Presidente Benedito Adelino, o presidente da Comissão Permanente de Segurança Pública, vereador Marco Santo Antônio, e a vice-presidente da Comissão, vereadora Titi Brasil, conduziram uma reunião com representantes de diversos setores da sociedade, onde foram apontados divergentes pontos de vista sobre a questão da segurança pública em Angra dos Reis.

Estiveram presentes no debate o superintendente de Segurança Pública do município, Major Seixas; representando o 33º Batalhão da Polícia Militar, o Subcomandante Major Marcelo e o Capitão Falleiro; representando a 166ª DP, o delegado de Polícia Adjunto João Dias;  representando a DEAM, a policial Civil Priscila Macado; o Secretário de Atividades Econômicas; o presidente da TurisAngra; Carlos Henrique, Peninha; e alguns representantes de associações de moradores e sindicatos, dentre outros.

O vereador Marco Santo Antônio iniciou a reunião da Comissão Permanente de Segurança Pública falando sobre o trabalho realizado pelo novo comando do 33º BPM.

- Gostaria de parabenizar o trabalho feito pelo comandante Castro que, desde que assumiu o Batalhão, tem executado um bom trabalho no nosso município. Este comando está produzindo mudanças e  tratando de frente os problemas relacionados à criminalidade - disse o jovem parlamentar.

Na ocasião, Santo Antônio também levantou questões como a criação da Guarda Municipal e a volta das câmeras de monitoramento.

Segundo o superintendente de Segurança Pública, que assumiu recentemente o cargo criado para desenvolver ações complementares na área, está sendo feito um estudo de viabilidade para sanar algumas questões que competem ao Executivo.

- Segurança pública é algo caro, não é algo que se faz apenas com boa vontade. A gente precisa dar suporte às polícias e também necessita de estrutura básica. Estamos tocando em frente à recuperação do nosso sistema de monitoramento com câmeras.  A TurisAngra e a Associação Comercial da cidade do Rio estão formando parceria para levantarmos recursos para recuperarmos este sistema. Acreditamos que, ainda no segundo semestre de 2017, esteja tudo certo para colocarmos as câmeras em funcionamento - frizou Major Seixas.

Outra questão abordada foi o balanço das atividades realizadas pela Polícia Militar na Região Costa Verde. O major Marcelo relatou dados das apreensões dos primeiros meses de trabalho (16 de março até 31 de maio) no 33º BPM.

Total de presos: 105; armas apreendidas: 39; cocaína apreendida: 13 kg; maconha apreendida: 27 kg; crack apreendido: 500g.

- Qualquer comércio para funcionar, para dar lucro, tem que ter consumidor e, pelos números, nós estamos vendo que, em Angra dos Reis, tem bastante consumidor. Por isso, estamos intensificando o trabalho. Nos próximos meses a gente vai continuar - enfatizou o major Marcelo, sobre o trabalho da Polícia Militar em Angra.

Ao final da reunião, foi proposto pelo vereador Marco Santo Antônio a implementação de um encontro contínuo, denominado Café com o Comandante, com a participação de atores sociais de diversas áreas de atuação: Executivo, Legislativo, comércio, associações, sindicatos, Polícia Militar, Polícia Civil, entre outros. A expectativa é de que o este projeto seja colocado em prática nos próximos meses, a fim de estreitar laços e, consequentemente, reforçar o trabalho de inteligência da Segurança Pública no município de Angra dos Reis.

 

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.